sábado, 28 de fevereiro de 2009

Não existe

"Não existe verdade sem o seu contrário; não existe amor que não odeie" (Borges? Escrevi para mim mesmo, à guisa de lembrete endereçado ao futuro, na contracapa de Ficções, numa edição antiga que folheio agora, no momento certo que eu previ, muito anos depois.)

3 comentários:

rosilene fontes disse...

e por isso existe o perdão, para que o amor esteja acima do ódio...

Raul Macedo disse...

Legal. Faz lembrar o primeiro conto do livro de Areia (que agora eu esqueci o nome) em que ele encontra a si mesmo no labirinto do tempo. Mas agora eu que me pergunto, com essa citação que vc postou: Borges?

Lauro Marques disse...

Até hoje não consegui descobrir, Raul, acho que foi o "espírito" de Borges quem escreveu, hehe.