terça-feira, 26 de abril de 2016

Um poema de outono

Autumn Grasses in Moonlight, Meiji period (1868–1912), ca. 1872–91. Shibata Zeshin (Japanese, 1807–1891).Two-panel folding screen; ink, lacquer, and silver leaf on paper; 26 1/8 x 69 in. (66.4 x 175.3 cm) http://www.metmuseum.org/toah/ho/10/eaj/hob_1975.268.137_av1.htm


ELEGIA






O sol no topo dos edifícios
— na parede de tijolos
tremulando,
as sombras das árvores que brincam
com o vento:

Outono.





Lauro Marques

2 comentários:

Lauro Marques disse...

Foto: Painel, do período Meiji (1868–1912), ca. 1872–91, de
Shibata Zeshin (Japonês, 1807–1891), veja-o por inteiro e faça uma visita virtual ao museu em que se encontra:
http://www.metmuseum.org/toah/ho/10/eaj/ho_1975.268.137.htm

Leonardo B. disse...

[na palavra onde se recolhem as sombras de outono, alimentam-se, serenamente, os rastos e versos dessa luz morna]

um abraço,

Leonardo B.