quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Perspectivismo (poema)

Livre ou aborrecido
O pássaro gira em círculos no céu
Suas asas molhadas, sob a chuva
Úmida
Traçando cálculos precisos.
Acaso não sonha ele
Com pés e mãos
Na terra
Livre de sua prisão?

2 comentários:

Rosilene Fontes disse...

mesmo que em círculos
molhados, sob a chuva
Úmida
sonhamos com asas
No céu
Presos nessa liberdade
de voar
voar
e voar

Rita Medusa disse...

muito bom o poema Lauro
todo ser sonha em se libertar acho