segunda-feira, 18 de abril de 2011

Esboços * borrões 5




Aturdido em meio às estrelas 
ilha cansada de sol
barco sem vela enfrentando intempéries
solitário com gaivotas e cardumes de peixes



Então não havia fogo ainda, frio 
Olhos rasgados que não veem nada
 Um silêncio suntuoso, sólido, esculpido em rocha
Nenhum sopro no despertar da aurora


Nenhum comentário: