quinta-feira, 7 de abril de 2011

Mais dois poemas de Gelman




Condecorações

Condecoraram o senhor general,
condecoraram o senhor almirante,
o brigadeiro, o meu vizinho
o sargento de polícia.


e alguma vez condecorarão o poeta
por usar palavras como fogo,
como sol, como esperança,
entre tanta miséria humana,
tanta dor
sem ir mais longe.




31 de março

Acabou o mês
e o filho que não vem
e meu irmão que não volta.

Acabou o mês e não te amei as pernas
e não escrevi esse poema de outono em Ontario
e penso penso penso
se foi outro mês
e não fizemos a revolução ainda.


- Juan Gelman
[tradução Lauro Marques]

Um comentário:

Sra. Ramsay disse...

Ótimo, obrigada por compartilhar. "Sem ir mais longe".